Como a psicologia pode melhorar seu dia a dia

Como a psicologia pode se aplicar à sua vida cotidiana? Você acha que a psicologia é apenas para estudantes, acadêmicos e terapeutas? Pense de novo. Como a psicologia é tanto uma disciplina aplicada quanto teórica, ela pode ser usada de várias maneiras.

1. Motivação

Quer seu objetivo seja parar de fumar, perder peso ou aprender um novo idioma, as aulas de psicologia oferecem dicas para ficar motivado. Para aumentar seus níveis de motivação ao abordar uma tarefa, use estratégias derivadas de pesquisas em psicologia cognitiva e educacional.


Apresente elementos novos ou inovadores para manter seu interesse alto.
Varie as sequências repetitivas para ajudar a evitar o tédio.
Aprenda coisas novas baseadas no seu conhecimento existente.
Estabeleça objetivos claros diretamente relacionados à tarefa.
Recompense-se por um trabalho bem executado.

2. Liderança

Não importa se você é gerente de escritório ou voluntário em um grupo jovem local: ter boas habilidades de liderança provavelmente será essencial em algum momento de sua vida. Nem todo mundo é um líder nato, mas algumas dicas simples, colhidas em pesquisas psicológicas, podem ajudá-lo a ser um líder melhor.

Um dos estudos mais famosos sobre este tópico analisou três estilos de liderança distintos. Com base nas descobertas deste estudo e pesquisas subsequentes, pratique algumas das seguintes opções quando estiver em uma posição de liderança.

Ofereça uma orientação clara, mas permita que os membros do grupo expressem suas opiniões.
Converse sobre as soluções possíveis com os membros do grupo.
Concentre-se em ideias estimulantes e esteja disposto a recompensar a criatividade.

3. Comunicação

A comunicação envolve muito mais do que como você fala ou escreve. A pesquisa sugere que os sinais não-verbais constituem uma grande parte de nossas comunicações interpessoais. Para comunicar sua mensagem com eficácia, você precisa aprender a se expressar de forma não verbal e a ler as dicas não-verbais das pessoas ao seu redor.

Use um bom contato visual.
Comece a perceber sinais não-verbais em outras pessoas.
Aprenda a usar seu tom de voz para reforçar sua mensagem.

4. Inteligência emocional

Muito parecido com a comunicação não verbal, a capacidade de compreender suas emoções e as emoções das pessoas ao seu redor desempenha um papel importante em seus relacionamentos e vida profissional. O termo inteligência emocional se refere à sua capacidade de compreender tanto suas próprias emoções quanto as de outras pessoas.

Seu quociente de inteligência emocional é uma medida dessa habilidade. De acordo com o psicólogo Daniel Goleman, seu QE pode, na verdade, ser mais importante do que seu QI. Para se tornar mais inteligente emocionalmente, considere algumas das estratégias a seguir.


Avalie cuidadosamente suas próprias reações emocionais.
Registre suas experiências e emoções em um diário.
Tente ver as situações da perspectiva de outra pessoa.

5. Tomada de decisão

A pesquisa em psicologia cognitiva forneceu muitas informações sobre a tomada de decisões. Ao aplicar essas estratégias à sua vida, você pode aprender a fazer escolhas mais sábias. Na próxima vez que você precisar tomar uma grande decisão, tente usar algumas dessas técnicas.


Use a abordagem dos “seis chapéus do pensamento”, observando a situação de vários pontos de vista, incluindo perspectivas racionais, emocionais, intuitivas, criativas, positivas e negativas.


Considere os custos e benefícios potenciais de uma decisão.
Empregue uma técnica de análise de grade que forneça uma pontuação de como uma decisão particular irá satisfazer requisitos específicos que você possa ter.

6. Memória

Você já se perguntou por que consegue se lembrar dos detalhes exatos dos acontecimentos da infância, mas esquece o nome do novo cliente que conheceu ontem? A pesquisa sobre como formamos novas memórias, bem como como e por que esquecemos, levou a uma série de descobertas que podem ser aplicadas diretamente em sua vida diária. Para aumentar o poder da sua memória:


Concentre-se nas informações.
Ensaie o que você aprendeu.
Elimine distrações.

7. Gestão financeira

O psicólogo vencedor do Prêmio Nobel Daniel Kahneman e seu colega Amos Tversky conduziram uma série de estudos que examinaram como as pessoas gerenciam a incerteza e o risco ao tomar decisões. Pesquisas subsequentes nessa área, conhecidas como economia do comportamento, produziram algumas descobertas importantes que você pode usar para administrar seu dinheiro com mais sabedoria.


Um estudo descobriu que os trabalhadores poderiam mais do que triplicar suas economias usando algumas das seguintes estratégias.1(ref.Thaler RH, Benartzi S. Save More Tomorrow™: Using behavioral economics to increase employee saving. J Political Econ. 2004;112(S1):S164-187. doi:10.1086/380085)


Não procrastine. Comece a investir em economia agora.
Comprometa-se antecipadamente a dedicar parte de seus ganhos futuros às suas economias para a aposentadoria.
Tente estar ciente dos preconceitos pessoais que podem levar a escolhas ruins de dinheiro.

8. Sucesso acadêmico


Na próxima vez que você ficar tentado a reclamar de questionários populares, exames intermediários ou exames finais, considere que a pesquisa demonstrou que fazer os testes realmente ajuda você a lembrar melhor o que aprendeu, mesmo que não tenha sido abordado no teste.


Um estudo descobriu que fazer testes repetidos pode ajudar melhor a memória do que estudar. Os alunos que foram testados repetidamente foram capazes de se lembrar de 61% do material, enquanto os do grupo de estudo se lembraram de apenas 40% .2 (ref. Chan JC, McDermott KB, Roediger HL. Retrieval-induced facilitation: initially nontested material can benefit from prior testing of related material. J Exp Psychol Gen. 2006;135(4):553-71. doi:10.1037/0096-3445.135.4.553)

Como você pode aplicar essas descobertas à sua própria vida? Ao tentar aprender novas informações, faça o autoteste com frequência para consolidar o que aprendeu na memória.

9. Produtividade

Existem milhares de livros e artigos de revistas nos dizendo como fazer mais, mas quanto desses conselhos se baseia em pesquisas reais? Acredite que a multitarefa pode ajudá-lo a ser mais produtivo. Na realidade, pesquisas descobriram que tentar realizar mais de uma tarefa ao mesmo tempo prejudica seriamente a velocidade, a precisão e a produtividade.3(ref.Ophir E, Nass C, Wagner AD. Cognitive control in media multitaskers. Proc Natl Acad Sci USA. 2009;106(37):15583-7. doi:10.1073/pnas.0903620106)

Use as lições de psicologia para aumentar sua produtividade com mais eficácia.


Evite multitarefa ao trabalhar em tarefas complexas ou perigosas.
Concentre-se na tarefa em mãos.
Elimine distrações.

10. Saúde


A psicologia também pode ser uma ferramenta útil para melhorar sua saúde geral. De maneiras de estimular exercícios e melhor nutrição a novos tratamentos para a depressão, o campo da psicologia da saúde oferece uma grande variedade de estratégias benéficas que podem ajudá-lo a ser mais saudável e feliz.


Estudos demonstraram que tanto a luz solar quanto a artificial podem reduzir os sintomas do transtorno afetivo sazonal. A pesquisa demonstrou que o exercício pode contribuir para um maior bem-estar psicológico.4(ref.Solberg PA, Halvari H, Ommundsen Y, Hopkins WG. A 1-year follow-up of effects of exercise programs on well-being in older adults. J Aging Phys Act. 2014;22(1):52-64. doi:10.1123/japa.2012-0181)


Estudos descobriram que ajudar as pessoas a compreender os riscos de comportamentos prejudiciais à saúde pode levar a escolhas mais saudáveis.

Posts Em Destaque